Avançar para o conteúdo principal

Se não visse, não acreditava! Leia o desabafo desta mãe quando foi buscar os livros escolares da filha!

Hoje recebi os fantásticos vouchers para 6 manuais escolares de 5 ano! Percebi de imediato que apenas um seria para levantar na livraria (por isso seria novo). Todos os outros eram usados. Fui logo cedinho à escola para conseguir arranjar os melhores e realmente consegui. Estão no estado que as fotos comprovam. Nem sequer os andei a ver a fundo...foi só folhear! Cheguei a casa e sem tecer qualquer comentário disse à minha filha que aqueles seriam os livros com que iria para a escola nova, para um ciclo novo! De cara desanimada apenas me disse que aquilo não estava nada bem e foi embora. Nem os folheou, não teve curiosidade em ver o que irá aprender. Recuei de imediato no tempo. Há muitos anos, uma das coisas que mais prazer me dava era a época de ir com os meus pais buscar o material escolar: mochila, livros com cheirinho a novo, canetas, enfim...vocês sabem, aliás, todos sabem! O prazer do novo, do bonito, do estrear. Lamentavelmente este (des)governo acha que está a fazer muito em oferecer/emprestar estes livros. É uma vergonha! Este tipo de manuais NÃO é reutilizável. As crianças têm que usar, manusear, sublinhar, apontar nos livros, é um direito enquanto alunos que lhes assiste! Os meninos que usaram os livros que agora me chegaram às mãos, não os estragaram, apenas os usaram e por mais cuidado que tenham tido com eles, agora não estão em condições de serem usados mais um ano inteiro por outra criança, que fim os devolverá para que no próximo ano, outro alguém por ali aprenda qualquer coisinha. Se o governo quer dar alguma coisa, então que dê realmente livros novos a todos. Se não for possível, então que dê apenas livros novos aos meninos de escalão. Mas que dê LIVROS NOVOS! O conceito da reutilização é excelente, mas não desta forma! As capas jamais podiam ser tão finas, os livros teriam que ter outra robustez, não podiam ter qualquer exercício com espaços de resposta e não podiam andar o ano todo nas mochilas dos alunos que muitas vezes apanham chuva, pontapés e são arremessadas a vários metros de distância.
Eu não sou rica, muito menos snobe, mas vou comprar livros novos à minha filha e ela vai poder escrever, sublinhar, pintar, manusear à vontade os livros dela e no final do ano não vai ter que apagar o seu trabalho e devolver sob ameaça de os pagar se não estiverem em condições, porque a minha filha só tem 10 anos e saiu à mãe...adora livros com cheiro a novo.









Mensagens populares deste blogue

Última Hora: Portugueses vão pagar 2,15 Mil Milhões de Euros para o Novo Banco!

É O DESCALABRE... É A VERGONHA... É A FALTA DE TUDO!

Já chega! Não somos obrigados a pagar estes valores. Um novo empréstimo de 1149 milhões de euros já este ano. Mais um de 600 milhões de euros em 2020. Outro de 400 milhões de euros em 2021.

E agora? Ainda vão querer ficar em casa e não sair para a rua a reclamar? Eu não suporto pagar dívidas que não são minhas mas sim de CORRUPTOS que continuam à solta a fazer boa vida.

O anúncio acabou de ser feito por Mário Centeno, ministro das finanças!

VAMOS SAIR À RUA! VAMOS PROTESTAR E SE FOR PRECISO TIRAR AQUELA CAMBADA TODA DE LÁ PARA FORA.

PEÇO UNIÃO A TODOS OS PORTUGUESES. REVOLTEM-SE... Não pudemos continuar a dar de mão beijada o que esta malta quer.

Como é possível? Como? Como é possível assistirmos a tudo isto e não fazermos nada?

ESTOU REVOLTADO E DESTA VEZ NÃO VAMOS CRUZAR OS BRAÇOS!

Quem apoia uma saída em massa para a rua? Para a Assembleia da República?

Isto é uma VERGONHA!


Prisão imediata para todo o Executivo da Câmara de Pedrógão Grande!

Os donativos de milhares de portugueses para as vítimas da tragédia de Pedrógão Grande, estão empilhados e escondidos em armazéns da Câmara de Pedrógão Grande.  Em causa estão centenas de frigoríficos, máquinas de lavar e micro-ondas, novinhos em folha, alguns ainda embalados. Há ainda colchões com os plásticos de origem e mobílias inteiras, que nunca chegaram às vítimas. A verdade é que ninguém faz nada. Quem devia fazer algo, simplesmente tenta ignorar a questão do problema. Os nossos governantes parece que defendem esta malta e eu pergunto:

Quem defende as vítimas?
Já faz bastante tempo que eu venho a comentar a situação de Pedrógão Grande, tento alertar quem de direito e o que fazem? Simplesmente nada. É uma falta de respeito para com os Portugueses, mas acima de tudo para com as vítimas deste flagelo enorme. Como Português sinto-me ofendido Sr. Presidente e Ministros do Governo de Portugal. Exijo PRISÃO IMEDIATA para todo o executivo da Câmara de Pedrógão Grande, para todos aqueles qu…

Tatiana - O pedido de ajuda que corta o coração!

Meu Nome é Tatiana M, tenho 24 anos e gostaria que alguém me ajudasse. Eu Fui Vítima dos Fogos dia 15 de Outubro de 2017 em Vieira de Leiria, no Distrito de Leiria no Concelho da Marinha Grande.
Vendi um Apartamento em Paris e empreguei todo o meu dinheiro numa casa em Portugal. Tenho 2 Filhas, uma com 3 Anos e outra com 14 meses, estava Grávida de 8 meses quando a tragédia aconteceu. Estou farta de recorrer com cartas AR para o 1º Ministro, Câmara Municipal da Marinha Grande, Presidente da República, CCDRC, Tribunais da Marinha e de Leiria e nem resposta tive. Estou a viver numa casa destruída pelo incêndio com 2 Bebés, Sem Água, nem Corrente Eléctrica.
Também Já fiz um pedido à Comunicação Social aqui em Portugal!! Mas mesmo assim ninguém fez nada. Por Favor, ninguém poder fazer alguma coisa, seja por via da comunicação social ou outra? Para mostrar ao Mundo o país Corrupto da Europa, onde tem mais queixas no Tribunal Europeu. Eu tenho corrido céu e terra para…